Transposição incompleta: Pelo projeto atual, a maior parte do Sertão, incluindo o Vale do Piancó e Patos, fica sem água da transposição

Recentemente inaugurada pelo presidente Bolsonaro, a entrada de água da transposição na Paraíba pelo rio Piranhas, a única do Eixo-Norte, não garante segurança hídrica a maior parte do Sertão, ficando sem acesso a à àgua do São Francisco 54 cidades entre as quais aglomerados urbanos importantes, a exemplo de Patos, Santa Luzia, Pombal, Itaporanga, Conceição, Piancó, Coremas, Princesa Isabel e mais de meio milhão de sertanejos.

Isso corre pela exclusão do rio Piancó do atual projeto e que já se encontra em operação.

O Piancó é o mais importante curso d´água sertanejo e que alimenta o complexo hídrico Coremas/Mãe D´água, o maior do estado e já com canais abertos para grande parte da região, mas foi completamente excluído da transposição por grave erro do projeto atual. Sem o rio Piancó e sem Coremas no projeto de integração de bacias do São Francisco, a transposição na Paraíba fica inconpleta, com risco de novos estios acarretarem graves problemas hídricos para a região, a exemplo da grande seca ocorrida entre 2010 e 2016.

Diante desse fato, a fundação humanitária José Francisco de Sousa encaminhou ofícios para o Ministério Público Federal em Patos e Sousa e ao Ministério da Integração Nacional, e também está destinando igual documento para a bancada federal na Paraíba, no sentido de que tanto as autoridades ministeriais quanto as políticas tomem conhecimento do que está ocorrendo e ajam no sentido de viabilizar as obras de incluso do rio Piancó na transposição, único caminho para resolver o grave e grande equívoco do projeto que foi deixar o Piancó e, consequentemente, Coremas, fora da transposição.

Vejam vídeo sobre o documento abaixo

por Folha do Vali

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.