Consequência da facada: Queiroga confirma que Bolsonaro ‘teve dores abdominais por conta do atentado’

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, comentou sobre o quadro clínico do presidente Jair Bolsonaro (PL), que está internado em um hospital de São Paulo após sentir dores abdominais. De acordo o ministro, a nova intercorrência de saúde do presidente aconteceu ‘por conta daquele atentado de 2018’, no qual Bolsonaro foi esfaqueado na barriga, durante o período eleitoral.

Bolsonaro, graças a Deus, está bem. Tenho informações que ele teve dores abdominais por conta daquele atentado contra ele, em 2018, e ainda hoje ele tem consequências, mas graças a Deus, ele está bem.

As declarações de Queiroga foram feitas durante um evento de recepção dos médicos que irão reforçar o atendimento à população nas áreas afetadas pelas fortes chuvas no estado da Bahia.

O ministro da Cidadania, João Roma e a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, também participaram do encontro, realizado no auditório do Ministério da Saúde, em Brasília.

Após a ocasião, os profissionais de saúde seguiram com os ministros, em comitiva, para Ilhéus, na Bahia.

por Polêmica Paraíba

foto: Reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.