Estado em alerta: Em um mês, casos de Covid-19 aumentam mais de 800% na Paraíba

Os casos de Covid-19 na Paraíba saíram de 3.755 em dezembro de 2021 para 34.588 em janeiro de 2022. Em um mês, o número de casos aumentou 821% e tornou o mês de janeiro o quinto, desde março de 2020, com o maior número de casos de Covid-19, perdendo apenas para junho de 2020 e março, maio e julho de 2021.

Passados quase dois anos do início da pandemia do novo coronavírus e o decreto inicial para o isolamento social, a Paraíba voltou a registrar uma alta no número de casos da Covid-19, número que só havia sido registrado no pico da transmissão. No mês de janeiro de 2022, 34.588 casos da doença foram contabilizados pela Secretaria de Estado da Saúde. O número é o maior desde junho de 2021, quando 65.477 casos foram confirmados.

Em relação a dezembro de 2021 – mês com o menor número de casos e óbitos desde abril de 2020 – os números subiram consideravelmente. Além do aumento no número de casos, o número também cresceu 79%, saindo de 67 óbitos em dezembro para 120 em janeiro.

A Paraíba acumula 498.923 casos de Covid-19 desde o início da pandemia e 9.716 óbitos.

Ainda fazendo o comparativo no intervalo de um mês, a ocupação de leitos também aumentou na Paraíba entre os dias 1º e 31 de janeiro. No primeiro dia de 2022, a ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico), em todo estado, era de 14%.

Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chegou a 26% no dia 1º de janeiro.

Em Campina Grande, estavam ocupados no início do ano 7% dos leitos de UTI adulto e no sertão, 20% dos leitos de UTI para adultos.

Nesta segunda-feira, dia 30 de janeiro, conforme o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, a ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico), em todo estado, é de 41%.

Na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 58%. Em Campina Grande, estão ocupados 30% dos leitos de UTI adulto e no sertão, 56% dos leitos de UTI para adultos.

por g1 PB

foto: Reprodução da Internet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.