Confusão! Briga no PTB faz presidente do partido acionar a polícia: “Intimidada e ameaçada”

A presidente do PTB, Graciela Nienov, registrou um boletim de ocorrência, nessa última segunda-feira, (31), alegando ter sofrido ameaça de adversários do próprio partido.

Depois que Nienov e aliados acionaram a Polícia, o grupo afirmou que temia por sua integridade física na sede da sigla em Brasília. Poucas horas depois, policiais militares foram à sede do PTB em Brasília.

A crise interna do PTB começou no fim de semana, quando Roberto Jefferson, presidente de honra da legenda, acusou Nienov de deslealdade e cobrou a demissão de sua afilhada política.

Ameaças e briga do PTB

Em depoimento à Polícia Civil do Distrito Federal, Graciela Nienov afirmou que se sentiu intimidada por mensagens de correligionários no WhatsApp. Em uma delas, o ex-secretário de Planejamento do PTB Mauro Rogério chamou Nienov e aliados de “comparsas”. “Não passarão”, seguiu Rogério.

Segundo Nienov, essas mensagens intimidatórias tinham o objetivo de fazê-la renunciar à presidência do PTB e vieram à tona por causa de uma disputa partidária.

Nienov foi acompanhada à delegacia por dois aliados: Jeferson Alves, secretário nacional do partido, e Rodrigo Santana, secretário de Finanças. Ambos estão nos cargos desde 30 de novembro, quando Jefferson indicou formalmente Graciela Nienov para ser sua sucessora no comando do partido.

por Diário do Centro do Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.