Roberto Paulino confirma reunião entre Veneziano e João e destaca convite: “Se eu fosse o governador, eu viria para o MDB”

Em entrevista à imprensa neste fim de semana o ex-governador e atual secretário de estado Roberto Paulino, confirmou que nos próximos dias deverá ocorrer mais uma reunião entre o governador João Azevêdo (Cidadania) e o senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), na oportunidade onde o chefe do executivo estadual deve ser convidado a ingressar na sigla.

Roberto sugeriu ao senador que o encontro tivesse a participação dele e do deputado estadual Raniery Paulino.

“Vou estimular que ele convide João para se filiar ao MDB, nessa reunião. Se eu fosse o governador, eu viria para o MDB”, disse o secretário de estado.

Ainda de acordo com Roberto, da mesma forma que já tem candidato a governador para as eleições deste ano – onde apoia a reeleição de João Azevêdo –, Roberto Paulino também já sabe em quem irá votar para governador, em 2026: Veneziano Vital do Rêgo. “Estou com ele, em 2026. João tem feito uma gestão operosa na Paraíba, tem se notabilizado por ser um homem de diálogo. E Veneziano tem tudo para ser grande na política, ainda maior que Vital [pai de senador]”.

Outro fator confiante para essa manutenção da aliança entre João e Veneziano, segundo Roberto, está nos últimos acontecimentos envolvendo o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), abriram novas perspectivas para que isso se efetive:

“O afastamento de Romero facilita esse entendimento entre João, MDB e o senador Veneziano”, comentou.

por PB Agora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.