Réu acusado de matar policial de Diamante é absolvido pelo júri

O Conselho de Sentença do Tribunal de Júri da Comarca de Coremas (PB) absolveu, em  julgamento nessa segunda-feira (7), o réu Damião Guedes de Oliveira, acusado de ter matado o policial militar diamantense José Gomes da Silva, mais conhecido como Sargento J. Gomes. Por maioria, o Corpo de Jurados entendeu que o crime tratou-se de legítima defesa e homicídio qualificado.

O julgamento aconteceu de forma virtual e levou 11 horas de oitivas de testemunhas e de debates entre a acusação e a defesa. O réu participou direto de um presídio na cidade de Aparecida de Goiânia (GO).

Ao final, foi reconhecida a soberania do veredito do Conselho de Sentença.

Relembre o crime

O crime aconteceu na madrugada do dia 23 de julho de 2017 no sítio Sangradouro, zona rural de Coremas. O sargento estava de folga e bebendo com amigos em uma bar, quando houve um desentendimento entre ele e o então suspeito e aconteceu o homicídio por meio de disparos de arma de fogo.

O militar ainda chegou a ser socorrido ao hospital, mas não resistiu.

 Sragento J. Gomes./foto: Reprodução arquivo pessoal

por Tadeu Gomes/Diamante Online

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.