Assassinatos no Brasil caem 7% em 2021 e taxa é a menor da série histórica

Um número que deve ser celebrado. A taxa de assassinatos no Brasil caiu 7% em 2021 na comparação com o ano anterior, de acordo com o índice nacional de homicídios divulgado pelo portal G1, com base em dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

Segundo o site, em todo o ano passado, foram registradas 41,1 mil mortes violentas intencionais no país – 3 mil a menos que em 2020. Trata-se do menor número de toda a série histórica do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que coleta os dados desde 2007.

Estão contabilizadas no número as vítimas dos seguintes crimes: homicídios dolosos (incluindo os feminicídios), latrocínios (roubos seguidos de morte) e lesões corporais seguidas de morte.

A diminuição dos assassinatos em 2021 retoma a tendência de queda registrada no país pelo Monitor da Violência desde o balanço de 2018, no fim do governo Temer. Com a redução, o número de mortes volta ao patamar de 2019, já no Governo Jair Bolsonaro, quando foram registradas 41,7 mil mortes. Naquele ano, houve a maior queda da série, de 19%.

“Vocês viram que o número de homicídios por arma de fogo caiu ao menor número histórico, né? A imprensa não fala que, entre outras coisas, a liberação das armas para o pessoal de bem, o cara pensa duas vezes antes de fazer uma besteira. Agora, se tivesse aumentado, quem era o culpado? [risos]. Não precisa dizer”, disse Bolsonaro no cercadinho do Palácio da Alvorada.

Segundo o G1, porém, outros fatores devem ser levados em consideração ao analisar a queda na quantidade de homicídios, como maior controle e influência dos governos sobre os criminosos; apaziguamento de conflitos entre facções; políticas públicas de segurança e sociais e redução do número de jovens na população.

Redução menor na Paraíba

Segundo o levantamento do G1 Paraíba, a Paraíba registrou em 2021 1.162 assassinatos, o que representa uma diminuição de 0,3% em relação ao anos de 2020. Trata-se da menor redução na região Nordeste, ficando atrás apenas do Piauí, que experimentou uma alta nos números.

por Agenda Política com informações do G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.