Opinião: Demagogia, o sistema que deu certo

por Kamilo Di Lellis – jornalista

Entre o mais forte do bando, passando por chefe de tribos, impérios, monarquias, oligarquias, repúblicas e totalitarismo, a sociedade sempre buscou um meio de manter a ordem e controlar os homens, evitando tragédias futuras. Sejam regimes de caráter direitistas ou esquerdistas, sempre houveram prós e contras e a dúvida de qual sistema realmente funciona, até chegarmos no método real e infalível: a demagogia.

A demagogia, tal como diz Aurélio Buarque de Holanda, é uma hegemonia política das facções populares, isto é, um modelo de política baseado em interesses próprios ou não para a população; um autorretrato do nosso cotidiano, cujo modelo é atemporal e enraizado no Homo sapiens. Basta fazer uma análise ao seu redor ou em si mesmo, diante de todas os atos passados até o agora. Vale lembrar que o modelo demagógico se estende além da política até o círculo social. Para isso, será apresentado dois exemplos: político e social.

No modelo político, temos o ano de eleição, onde as forças se unem em várias discussões formando alianças até mesmo com inimigos partidários, apenas em prol de poderes, como foi o caso do ex-presidente Lula (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), inimigos políticos em outrora, cujas ofensas e acusações foram trocadas, até abraços falsos recentes. O presidente Jair Bolsonaro (PL) também não ficou de fora; no passado, chegou a afirmar que votaria no petista, procurou alianças, acusou traidores e até mesmo mudou de partido, visando a reeleição. Já viu algo parecido em alguma prefeitura ou governo de estado? Mais exemplos não faltam.

Agora e mais famoso, o modelo social: Este é o mais visto por todos, muitas vezes chamado de “hipocrisia”. Pegamos, por exemplo, uma ação de caridade, com arrecadação de mantimentos para menos afortunados; sempre haverá alguém querendo divulgar em redes sociais, visando aparecer e mostrar uma imagem samaritana em troca de benefícios. Além disso, movimentos sociais são outros ótimos exemplos para demagogos, sempre buscando sair em vantagem, independente do viés ideológico, desde que renda frutos. Basta abrir o Facebook, Instagram ou semelhante e avaliar o que se posta e o objetivo. E advinha quem sai ganhando com isso tudo?! Você sabe a resposta. A demagogia nunca foi novidade nem única. Age de várias formas, não escolhendo raça, orientação sexual, classe social ou idade. Até mesmo uma criança estudando para prova em troca de ganhar brinquedo no fim do mês é uma demagoga, quiçá um adulto buscando boa aparência! E nem preciso falar a respeito deste texto.

Imagem ilustrativa: Autor desconhecido

*Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Papo Político.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.