Detran-PB emite portaria para implantar 1º emplacamento de forma eletrônica

Com o objetivo de inovar, modernizar e desburocratizar ainda mais o acesso aos serviços do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), na área de registro de veículos, a partir de 1º de agosto os usuários do órgão vão contar com um novo serviço. Trata-se da implantação do procedimento para primeiro emplacamento no formato eletrônico, regulamentada por meio da Portaria nº 199/2022, publicada no Diário Oficial da sexta-feira (dia 3).

Com isso, o usuário poderá emplacar seu veículo zero quilômetro de sua casa. “Com a nota fiscal eletrônica, o usuário poderá concluir o processo de primeiro emplacamento pela web, indo à unidade do Detran apenas para instalação das placas. Esse procedimento trará agilidade e segurança, dispensando a burocracia, diante do arquivamento eletrônico das informações”, explicou a diretora de Operações, Roberta Neiva, sobre o processo.

De acordo com a portaria, “Excetuam-se deste procedimento os veículos que possuam quaisquer tipos de benefício fiscal, devendo o usuário, neste caso, comparecer presencialmente em alguma das unidades do Detran-PB”.

Como proceder – Para o primeiro emplacamento de forma eletrônica, o usuário deverá ter cadastro junto ao portal http://www.detran.pb.gov.br para a execução do serviço. Os dados inseridos no portal do Detran-PB são de responsabilidade do usuário. “Ao acessar o ícone do primeiro emplacamento o usuário deverá preencher os dados referente à chave eletrônica e o número do chassi que constam na nota fiscal do veículo, que deverá ser validado automaticamente pelo sistema”.

Ainda de acordo com a portaria, após a validação do processo, se o proprietário preferir, poderá escolher a sequência alfanumérica da placa do veículo, mediante o pagamento da taxa correspondente e a subsequente indicação do local de confecção dessa placa. “O usuário deverá emitir a guia de pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores – IPVA juntamente com a guia para pagamento de taxa de serviço de primeiro emplacamento e, se for o caso, implementação de gravame e escolha de placa”.

Dando continuidade ao procedimento, efetuado o pagamento das guias, o sistema processará a informação após a compensação bancária. “Após a conclusão do processo de forma eletrônica, o usuário deverá agendar para instalação da placa, apresentando o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo Eletrônico (CRLV-e)”, diz a portaria, acrescentando que o proprietário poderá optar em ter a placa instalada na concessionária responsável pela venda do veículo, caso seja localizada no Estado da Paraíba.

Por Assessoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.