Paraíba tem 65 mil famílias à espera do Auxílio Brasil

Passados pouco mais de meses desde a criação do Auxílio Brasil, o programa do governo federal, que tem o intuito de substituir o Bolsa Família, tem enfrentado problemas para atender todas famílias em situação de pobreza e extrema pobreza no país. Na Paraíba, a busca pelo benefício tem sido superior ao tempo de atendimento. O resultado disso são as inúmeras filas de espera. Nessa quarta-feira (13), João Pessoa registrou problemas para o cadastramento de beneficiários.

O estado, aliás, tem uma longa fila de espera pelo benefício: 65 mil famílias, que mesmo aptas a receber o auxílio, ainda não tiveram acesso a ele. Os dados foram fornecidos pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Segundo o levantamento, ao todo, são 111.635 pessoas na Paraíba que seguem na fila do Auxílio Brasil. Especificamente 65.443 famílias paraibanas que esperam pela aprovação do benefício. 

Os dados são referentes ao mês de abril deste ano e, ao todo, são 2,7 milhões de famílias em todo o país com perfil para receber os recursos. É a maior demanda reprimida desde novembro de 2021, quando iniciou a troca dos programas do governo federal. Na época, a Paraíba chegou a ter 83.855 famílias na fila.

O número chegou a diminuir para 9.201 famílias em espera e 26.335 pessoas, mas voltou a crescer nos últimos meses, após sinalização e o posterior aumento do benefício para R$ 600. O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (FAMUP), George Coelho, atribuiu ao governo federal a demora na liberação dos benefícios. 

A FAMUP lamenta essa demanda reprimida, no momento tão difícil que todos estão vivendo. Estamos enfrentando uma inflação que diminui a capacidade de compra dos que mais precisam. Precisamos urgentemente fazer com que essa demanda seja solucionada. O governo federal precisa descentralizar as ações para que os municípios cuidem dos cadastros como era feito antes e não por aplicativo que muita das vezes as famílias não têm acesso”, explicou.

O Ministério da Cidadania, responsável pelos benefícios do governo, tem deixado sob a tutela dos municípios a inserção de dados dos beneficiários no CadÚnico – plataforma que dá acesso aos programas sociais. 

Somente em João Pessoa, cerca de nove mil beneficiários precisam atualizar dados. Caso o procedimento não seja realizado, mesmo aquelas famílias que já recebem o auxílio regularmente podem perder o direito aos benefícios sociais.

Por João Cunha/Portal T5

Foto: divulgação/CUT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.