E quando a verdade não sobrepõe a conveniência?

Estruturas sociais degradadas pela falta de senso organizacional, bem como a perda de voz ativa em algumas esferas, a exemplo das políticas, educacionais e culturais, passam longe de serem os únicos ônus que escandalizam diariamente as plataformas noticiosas mundo a fora. A escassez de entendimento diante das manobras ideológicas pulverizadas pela comunicação soa cada vez mais normal, em uma sociedade que sobrevive do seu alcance, … Continuar lendo E quando a verdade não sobrepõe a conveniência?

“Politicagem”, um vírus sem cura

Não é preciso ser um máximo entendedor de Ciência Política para conseguir enxergar quando suas bases se modificam de estado íntegro e respeitoso para egocentrismo e falta de consciência de poder. Para isso, basta sentir a presença de qualquer resquício de contradição a uma posição defendida que, por sua vez, atribui-se aos sentimentos e forma romantizada de enxergar algumas coisas. Em outras palavras, fanatismo. O … Continuar lendo “Politicagem”, um vírus sem cura